Indicadores de Juruti - Fórum de Desenvolvimento Local

Fórum de Desenvolvimento Local

É o espaço de articulação que vem como uma resposta ao primeiro – e principal – pilar do modelo de desenvolvimento para Juruti. Isto é, a organização de um processo social de negociação, formação de consensos e tomada de decisão, que permita a materialização do interesse público, com base nos valores e princípios do desenvolvimento sustentável. A ideia do Fórum é apoiar o exercício conjunto e cotidiano de convivência entre diferentes, na busca de equidade, justiça, transparência e de eficiência do investimento social que faça sentido para todos. 

Desse modo, a tarefa primordial do Fórum é estabelecer um consenso comunitário sobre sua visão de futuro, o "onde queremos chegar". O papel do Fórum é traduzir essa visão em ações, tarefas e responsabilidades para todos os participantes. E, principalmente, incluí-la nos processos de planejamento do município, em seus orçamentos e políticas. 

Espera-se também que o espaço de articulação promova o intercâmbio de conhecimentos e de competências, de forma a tornar o processo cada vez mais integrado e conectado. O Fórum deve ainda facilitar o contato com possíveis parceiros externos à região, como outras empresas, esferas superiores do poder público, instituições de ensino e pesquisa, entre outros. No caso específico das empresas, essa é uma oportunidade de diálogo efetivo, que além de ser uma boa prática do ponto de vista dos valores, constitui um poderoso instrumento de mitigação dos riscos e redução dos custos.

Para identificar as potencialidades de que a comunidade dispõe para contribuir com o planejamento do município, e quais obstáculos podem impedir que se alcance o objetivo, é realizado um diagnóstico participativo, formulado pela percepção de todos os membros do Fórum. A sistematização do diagnóstico permite a comparação entre a situação atual e o cenário futuro desejado, e serve como base para a produção de indicadores que serão usados para avaliar e monitorar o Plano Local de Desenvolvimento Sustentável.

⇒ Diversidade é um princípio fundamental
 
⇒ Objetivo deve ser a incorporação das decisões do Fórum nos instrumentos da administração pública municipal
⇒ A agenda serve como exercício de diálogo e aprendizado que pode prover ganhos coletivos aos seus participantes
 
⇒ Tempo do "fazer" deve respeitar o tempo cultural e de aprendizado da comunidade
⇒ Foco na consolidação do Fórum como processo comunitário contínuo para identificar potencialidades, fragilidades, recursos e para fazer as escolhas necessárias
 
⇒ Presença e participação ativa dos governos municipais
⇒ Apartidarismo e representatividade genuína
 
⇒ Dimensões integradas do desenvolvimento sustentável - social, cultural, econômica, ambiental e político-institucional - não podem ser relativizadas
⇒ Regras claras de participação e realização conjunta das tarefas
 
⇒ Participantes precisam sentir sua relevância no processo
⇒ Necessidade de uma linguagem comum
 
⇒ Resultado final pretendido deve ser claro para todos
⇒ Construir o entendimento comum segundo critérios pré-acordados, dentro de prazos suficientes e com base nos compromissos assumidos pelos participantes ⇒ Sucessos devem ser comemorados comunitariamente, para reforçar laços e sociabilidade em torno da causa comum